Origem

A Associação Cristã de Moços surgiu em um momento histórico de grande significado para a humanidade. No século XVIII a Revolução industrial, substituiu os processos de produção manual pela introdução do processo mecânico e trouxe para o mundo novas perspectivas nos mais diversos setores.

Ao mesmo tempo em que os avanços tecnológicos proporcionaram o aumento da qualidade de vida de um número restrito de pessoas, surgiram problemas sociais tais como o aumento da população e das jornadas de trabalho, de exclusão social e da utilização de mão-de-obra infantil é que surge a Associação Cristã de Moços.

Desde o século XVII já existiam na Europa pequenos grupos de jovens cristãos que se reuniam para estudos bíblicos. Entretanto, nenhum deles alcançou a dimensão do movimento iniciado pelo então jovem George Willians.

Em 1841, George Willians deixou a cidade de Ashway, no interior da Inglaterra e se dirigiu para Londres, onde começou a trabalhar na loja Hitchocok and Rogers. Segundo o depoimento do próprio George Willians os jovens que trabalhavam na loja dormiam em apertados quartos onde aproveitavam para se reunir para o programa de “Circulo de Oração”, discutindo sobre problemas sociais, sobre o racionalismo da sociedade da época e para estudo de textos bíblicos.

Em 06/06/1844 George Willians uniu o grupo a que fazia parte a outros grupos semelhantes e fundam uma sociedade composta por jovens de diferentes confissões cristãs. Foi fundada a ACM, em inglês YMCA (Young Men Christian Association). Fundamentalmente o movimento nasceu da necessidade destes jovens em refletir sobre o mundo em que viviam, discutir sobre os problemas de sua sociedade e as profundas transformações sócio – econômicas que ocorriam a cada dia.

Da fundação da ACM/YMCA e 1844, rapidamente o movimento se expandiu pela Europa. Em 1845 a ACM já possuía uma sede própria em Londres, com um local atraente e um secretário profissional para organizar a sede e promover uma série de programas que iam dos estudos bíblicos, aulas de línguas estrangeiras até salas de banhos e início de atividades de educação física. Como exemplo, em 1851 já existiam 16 ACMs em cidades da Inglaterra, Holanda e Escócia.

A Associação Cristã de Moços é uma instituição educacional, assistencial e filantrópica, que congrega pessoas sem distinção de raça, posição social, crença religiosa, politica ou de qualquer natureza. É ecumênica e as suas práticas seguem a orientação cristã, firmando-se especialmente em João 17:21, “Para que todos sejam um.”

No ano de 1855, na Primeira Conferência Mundial da ACM realizada em Paris, França, é aprovada a “Base de Paris”, linha filosófica das ACM em todo o mundo, e Base de Paris assim estabelece: “As Associações Cristãs de Moços procuram unir aqueles que, considerando Jesus Cristo como Seu Deus e Salvador, de acordo com as Sagradas Escrituras, desejam em sua fé e sua vida, serem, discípulos Dele e trabalharem juntos para estenderem entre jovens, o reino de Seu Mestre.”

Endereço:

R. Maldonado, 55 - Ribeira
Rio de Janeiro - RJ
CEP: 21930-130

Telefone:
(21) 3396-3044

Como Chegar